20 de junho: parabéns a todos os Vigilantes

Os trabalhadores na segurança privada celebram, dia 20 de junho, o Dia Nacional do Vigilante, data que marca o reconhecimento e a representatividade da nossa categoria, que tem dado grandes contribuições à preservação da segurança e o bem-estar dos brasileiros.

A data foi escolhida pois nesse dia, há 32 anos, foi sancionada a Lei 7102/1983, que regulamenta a profissão. Nossa entidade foi criada nove anos depois, em 1992. A princípio, para representar os trabalhadores no transporte de valores. O setor de escolta armada passou a ser representado pelo SindForte em 2000.

Somos o primeiro Sindicato a conquistar o adicional de risco de vida, equivalente a 30% do salário. Primeiro para o carro-forte, por meio de greve realizada em 1993. Depois foi a vez da escolta, por meio de greve que conquistou 15% de risco de vida no primeiro momento.

A partir daí, com aumento de dois pontos percentuais a cada ano, chegamos aos 30% antes do benefício ser estendido a todos os profissionais pela Lei 12.740/2012 – que entrou em vigor em dezembro de 2013.

História - Em nosso País, as empresas surgiram nos anos de 1960 com o objetivo de proteger patrimônios, pessoas e realizar transporte de valores. Atualmente, os serviços de segurança privada só podem ser executados por empresas registradas no Ministério da Justiça, por meio da Polícia Federal, que passou a fiscalizá-las e, consequentemente, as academias de formação, que recebem certificados de segurança e autorização para funcionamento.

Os profissionais devem possuir curso de formação de vigilantes, certificado regular para o exercício da função e registro na Carteira de Trabalho por empresa autorizada. Devem portar também a Carteira Nacional de Vigilante (CNV).


Home
Leia também
Clique na opção
 
Palavra do Presidente
Clique aqui e leia
 
Galeria de fotos
20 anos do SindForte
 
Mande um e-mail para os diretores
 
 
 
Rua Francisca Miquelina, 98, Bela Vista, São Paulo. Telefone (11) 3105.2486. E-mail: sindforte@sindforte.org.br