Acordo salarial garante aumento
de 7,5% na escolta armada

21/12/2016 - quarta-feira

O Sindicato concluiu, nesta quarta (21), a campanha salarial dos trabalhadores na escolta armada. A convenção coletiva, fechada na terceira rodada de negociação, garante aumento salarial de 7,5% (maior que o INPC/IBGE estimado de 7,39%), a partir de 1º de janeiro de 2017. O acordo beneficia os cerca de três mil companheiros da escolta armada, em todo o Estado.

As negociações foram difíceis, mas, além da renovação de todas as cláusulas da Convenção Coletiva vigente, conseguimos outros avanços. O tíquete-refeição subiu de R$ 21,00 para R$ 23,40 – aumento de 11,42%, portanto. O tíquete para o café da manhã nas empresas que não dispõem de lugar para desjejum também foi reajustado.

Valores - Com o reajuste de 7,5%, o Piso do vigilante de escolta sobe de R$ 1.510,11 para R$ 1.623,36. O adicional de Periculosidade aumenta para R$ 487,00. A remuneração básica mensal será de R$ 2.110,36.

Nosso presidente João Passos afirma: “A situação econômica do Brasil piorou, mas o Sindicato foi pra cima, apertou os patrões e conseguiu um aumento digno. Além disso, mantivemos todos os benefícios da Convenção. Foi uma conquista importante”.

Mudança - Outra questão negociada foi a mudança da data-base do segmento. Ficou indicado que a questão será debatida na próxima negociação coletiva. A ideia é mudar a data-base para março ou abril.

Informações - Ligue no Sindicato, telefone 3105.2486. Ou procure nossas subsedes.


Representantes patronais e bancada dos trabalhadores negociam reajuste da categoria

Leia também
Clique na opção
 
Mande um e-mail para os diretores
 
 
Rua Francisca Miquelina, 98, Bela Vista, São Paulo. Telefone (11) 3105.2486. E-mail: sindforte@sindforte.org.br