Vamos cobrar dos patrões resposta
à pauta do transporte de valores

14/9/2018 - sexta-feira

Nossos diretores já distribuem em toda a base, na Capital e Interior, boletim frente e verso sobre o andamento da campanha salarial no transporte de valores. Com a manchete “Patrões enrolam e não respondem nossa pauta”, a publicação denuncia que as negociações não avançam, devido à má vontade dos representantes patronais.

O boletim destaca que, ante a intransigência patronal, só resta à categoria o caminho da mobilização e da pressão. Nosso presidente João Passos adianta: “Sem proposta decente, vamos fazer protestos por local de trabalho, em todo País”.

Dia 4 de setembro, houve reunião em Brasília com dirigentes de cinco Sindicatos que estão em campanha salarial. São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Espírito Santo têm data-base em 1º de julho. A dos companheiros do Distrito Federal é 1º de agosto. Em todos os lugares, os patrões estão dificultando a negociação.

Pressão - “Os Sindicatos repudiam o descaso patronal. Vamos mobilizar os trabalhadores nas empresas pra ver se os patrões acordam”, diz o presidente João. Ele explica que os dirigentes, reunidos em Brasília, decidiram fazer atos e protestos nas garagens como forma de pressão.

João Passos afirma: “Vamos pressionar em todos os locais de trabalho”. Nosso presidente lembra que, aqui, no Estado de São Paulo, já tivemos cinco rodadas de negociações. Mas, até agora, não houve avanço na definição do reajuste salarial e de outros itens.

PAUTA - Queremos repor a inflação (INPC/IBGE), mais aumento real para os vigilantes e trabalhadores do setor de caixa-forte, tesouraria ou sala de valores (como são chamados nas empresas), além do pessoal administrativo.

Outra reivindicação é aumento do tíquete-refeição para R$ 37,00 – com cartela cheia para os companheiros de todos os setores. Atualmente, o valor está em R$ 32,00 para a guarnição de carro-forte e vigilantes de base. O setor administrativo recebe R$ 27,20. Nossa luta é para acabar com essa diferença, garantindo isonomia para todos.

PARTICIPE - Fique ligado com o Sindicato e participe da campanha salarial. É hora de união e mobilização da categoria.

Informações - Ligue no Sindicato, telefone 3105.2486.

Mande um e-mail para os diretores
 
Rua Francisca Miquelina, 98, Bela Vista, São Paulo. Telefone (11) 3105.2486. E-mail: sindforte@sindforte.org.br