Sindicalismo e política

Companheiro(a): no ano passado, o movimento sindical atuou com forte unidade e, com isso, ajudou o Brasil a enfrentar e vencer a crise.

A mesma unidade está sendo praticada agora na luta pela redução da jornada para 40 horas semanais.

A pergunta é: por que tivemos sucesso contra a crise, mas estamos avançando pouco na luta para garantir a jornada de 40 horas semanais?

Porque no combate à crise exercemos pressão diretamente sobre o governo, e contamos com apoio do próprio presidente Lula.

Já a legalização das 40 horas depende da Câmara dos Deputados, onde o movimento sindical tem poucos representantes. Uma exceção é o Paulinho da Força, que tem sido um deputado muito atuante.

O que fazer, então, para avançar a luta das 40 horas e por outros direitos trabalhistas? 1) Pressionar cada deputado; 2) Eleger mais políticos comprometidos com os trabalhadores.

É importante lutar e conquistar em cada local de trabalho. Mas ainda mais importante é haver leis justas e medidas políticas que realmente beneficiam os trabalhadores.

Mas isso só será obtido com maior força política para os trabalhadores.

Pense nisso. Pense mesmo!

Editorial publicado no informativo do SindForte (março/2010).

João Passos - Presidente do SindForte
E-mail joaopassos@sindiforte.org.br


Topo - Home
João Passos - Presidente
Arquivo
 
Rua Francisca Miquelina, 98, Bela Vista,São Paulo. Telefone (11) 3105.2486. E-mail: sindforte@sindforte.org.br