Acordo assegura pagamento de PLR também na Brinks

195

Após aparalisação dos trabalhadores da Protege, que ficaram de braços cruzados de terça (5) a sexta (8), até a conquista da Participação nos Lucros e/ou Resultados (PLR/PPR), o Sindicato fechou mais uma proposta para o pagamento do benefício aos companheiros da base. Desta vez, por meio de negociação, o acordo foi com a Brinks.

Nosso presidente João Passos comenta: “É mais uma empresa que adere à PLR na base. Agora, o benefício já é uma realidade na Prosegur, Protege e Brinks. Mas nosso objetivo é fechar com todas”. O presidente diz que outras empresas já entraram em contato com o Sindicato, pedindo agendamento de reunião para apresentar proposta.

Como ficou – O acordo com a Brinks, fechadoem reunião quarta-feira (13) na sede da nossa Federação (Fetravesp), tem as mesmas bases do que foi assinado com a Protege. Ou seja, a PLR corresponderá a 30% do Piso em 2013; no ano que vem, o percentual sobe para 60%; e, no ano seguinte (2015), a Participação chega a 100% do salário base dos trabalhadores. O primeiro pagamento está previsto para novembro deste ano.

Brinks – A multinacional norte-americana é uma das maiores empresas em atividade na nossa base. Atuando com mais de 50 filiais distribuídas por 16 estados brasileiros, a Brink’s tem cerca de 9 mil funcionários e uma frota de mais de 700 carros-fortes.

Informações – No Sindicato, ligue (11) 3105.2486. Fale com um de nossos diretores.