Sindicato dos Trabalhadores em Serviços de Carro-Forte, Guarda, Transporte de Valores, Escolta Armada e seus Anexos e Afins do Estado de São Paulo

Palavra do Presidente

João Passos

joaopassos@sindforte.org.br
Redes sociais

Cuidado com as redes sociais

As redes sociais são muito boas. Mas a gente precisa saber como utilizar o WhatsApp, o Facebook ou outros meios. As redes sociais facilitam as comunicações, ampliam o diálogo, possibilitam a troca de ideias e até ajudam a reencontrar amigos e parentes. Mas, no âmbito de uma empresa, todo cuidado é pouco. Você está num grupo de WhatsApp e às vezes pensa que ali só tem gente de confiança. Mas quem garante que o patrão não coloca gente dele ali? Portanto, seja sempre cauteloso nos comentários. E...
Redes sociais

DENUNCIE!

DENUNCIE! Diz o ditado que o preço da segurança é a eterna vigilância. Isso vale também para as condições de trabalho. Ou seja, se cochilar, o patrão abusa, dá calote ou descumpre a Convenção Coletiva. Por isso, não vacile. Se a empresa pratica banco de horas, se a empresa impõe compensação, se a empresa tem jornada intermitente, se ela não paga certo o horário de almoço, se a empresa manipula as folgas e dá cano no domingo trabalhado, denuncie! Denuncie ao Sindicato: na sede ou nas subsedes. Não aceite...
Redes sociais

Parabéns às Centrais

Quarta, 24/3, foi um Dia Nacional dedicado a informar, esclarecer e mobilizar os trabalhadores no combate à Covid-19. Força Sindical e demais Centrais, com esse ato, ampliam a pressão sobre as autoridades por vacina pra todos. O Brasil, desgraçamente, chega à marca de 300 mil mortos pelo novo Coronavírus. O ato do dia 24 também é um alerta às empresas, para que redobrem os cuidados com seus empregados. A vacinação em massa é a maneira mais eficaz de enfrentar o vírus e fazer, aos poucos, nossa economia...
Redes sociais

TRABALHO PELA FRENTE!

Espero que você e sua família estejam com saúde. Com saúde e unidos pra enfrentar esses tempos de crise econômica, ataques a direitos e de Covid-19. O Sindicato tem trabalhado duro. A sede e as subsedes não pararam, mesmo no pico da pandemia. Nesse tempo, fizemos negociações coletivas, firmamos acordos, participamos de eleições de Cipa, conseguimos proteção contra a Covid-19, sindicalizamos e defendemos o emprego da categoria, sem reduzir salários, sem abrir mão de um único direito. Também fizemos melhorias em nossas Colônias de Férias. Mas isso só...
Redes sociais

Conquista real, apesar da crise!

A crise é muito grave. Basta ver a situação do desemprego no seu bairro, na sua cidade. Na saúde, a pandemia complicou tudo. Na política, Bolsonaro e seus auxiliares vivem fabricando atritos. E o sindicalismo? Nós preferimos fazer o certo, que é cuidar da base. Por isso, temos boa notícia ao transporte de valores: o Sindicato conseguiu manter todos os direitos da Convenção Coletiva; reajuste pelo INPC; e mais 0,5% de aumento real. É muito? Eu digo que isso não é pouco. As categorias não estão conseguindo sequer o...
Redes sociais

Cuidar da saúde e combater o vírus

Neste momento, o mais importante é preservar a saúde e salvar vidas. Para tanto, todos podemos colaborar, de forma individual ou coletiva, seguindo as orientações das autoridades. O Sindicato está atento à pandemia e nossos diretores seguem com os plantões rotativos, na sede e subsedes. Também estamos em contato com as empresas, cobrando medidas preventivas, higienização, EPIs e outros meios de proteção aos trabalhadores. Sendo assim, peço que façamos uma grande corrente de resistência, coragem e fé. A união tem força e poder. Acredite! João Passos – Presidente
Redes sociais

Brasil precisa gerar empregos

A recessão econômica continua e o desemprego segue muito alto. Além do desemprego, cresce a informalidade. A cada dia há mais trabalhadores sem proteção ou cobertura previdenciária. O modelo econômico adotado pelo atual governo é errado, pois se baseia no corte de direitos e no arrocho salarial. Isso nunca deu certo em lugar nenhum do mundo. Este ano, haverá eleições pra prefeito. Fique atento e descarte candidato que não tiver propostas que geram emprego. Vamos exigir dos candidatos que assumam esse compromisso com o trabalhador e...
Redes sociais

Fácil não está

Mas a gente resiste! Que ano difícil tem sido 2019! A recessão continua, o desemprego segue alto e as vagas que o mercado abre são quase sempre precárias - ou seja, pioram as condições de trabalho e cai o salário. E Bolsonaro parece que só pensa em duas coisas: cortar direitos trabalhistas e enfraquecer Sindicatos. Ora, sem Sindicato, o trabalhador vai recorrer a quem? Quem vai orientar, mobilizar, dar assistência jurídica e proteger direitos? Não se constrói nada pisando no trabalhador. Ao contrário: todo país desenvolvido valoriza o trabalho...
Redes sociais

Está em vigor a Convenção Coletiva

Desde julho, está em vigor a Convenção Coletiva de Trabalho no transporte de valores. Ela vale por dois anos. Ou seja, todos os seus itens devem ser cumpridos pela empresa durante 24 meses. Foi uma vitória difícil conseguir montar nossa Convenção, garantindo-se Pisos, tíquete-refeição, convênio médico e diversos outros benefícios aos trabalhadores. Recomendo que você conheça cada vez mais a Convenção e não vacile se a empresa tentar desobedecer o que ela estipula. Se isso ocorrer, aviso de pronto o Sindicato. Um abraço! João Passos, presidente E-mail: joaopassos@sindforte.org.br

Hora de buscar a nossa parte!

Sindicato nenhum faz campanha salarial sozinho. As boas campanhas são aquelas em que o Sindicato coordena e a categoria participa, com fé e vontade. Portanto, faço aqui um chamamento. Chamo a que você participe, ajude a campanha - no começo, no meio, no fim. Até a vitória! O setor patronal do transporte de valores presta serviços a um segmento que ganha muito dinheiro: os bancos. O vigilante, o pessoal da sala de valores, os administrativos e todos os demais profissionais da categoria trabalham duro, correm risco, e...