Acordo salarial do carro-forte garante reajuste acima da inflação

181

A campanha salarial dos companheiros do transporte de valores terminou, com a assinatura do acordo coletivo que assegura reajuste de 6%, aplicado a todos os níveis salariais da categoria. Com o aumento, o Piso salarial do vigilante condutor e chefe de equipe no carro-forte, já incluindo o adicional de risco de vida de 30%, passa a ser R$ 2.328,57.

O reajuste garante ganho real, pois a inflação acumulada até a data-base, em 1º de junho, atingiu 5,45% (INPC/IBGE). O presidente João Passos afirma: “Mais uma vez, encerramos nossas campanhas salariais com resultados concretos para os trabalhadores”.

Além do reajuste salarial, os trabalhadores obtiveram reajuste nos valor do tíquete-refeição, agora valendo R$ 13,62 por dia de trabalho. Os vigilantes da guarnição de VTV têm direito a abono mensal de dois tíquetes a mais, no valor de R$ 27,24.

O acordo coletivo também vale para os funcionários administrativos, que passam a receber um Piso salarial de R$ 737,44 e um tíquete-refeição no valor diário de R$ 13,62, além dos vigilantes de segurança de bases, que receberão Piso de R$ 901,00 e tíquete no valor unitário também de R$ 13,62.