BAIXA PARTICIPAÇÃO NA ASSEMBLEIA É RUIM PARA A PAUTA DE REIVINDICAÇÕES

136

Verdade tem que ser dita. Foi baixa a participação dos trabalhadores da escolta armada na votação dos itens da pauta de reivindicações. Realizamos assembleia online, por 10 dias, pra facilitar a participação.

A data-base é 1º de janeiro. Mas as negociações devem começar em breve, pra evitarmos virar o ano sem certeza quanto ao reajuste dos salários, do Piso e à garantia de direitos da Convenção Coletiva.

Nosso presidente João Passos lembra que a assembleia online no transporte de valores teve participação expressiva em todo o Estado. “Maior a participação da base, maior nossa força na hora de negociar com os patrões”, ele alerta.

Pauta – A pré-pauta apresentada pelo Sindicato visa dar consistência às reivindicações. Valorizamos o direito do trabalhador votar a favor ou contra. Mas discordamos da abstinência, porque, na prática, observa nosso presidente, “ela fortalece a posição patronal e pode enfraquecer a negociação coletiva”.

Memória – Os mais jovens da escolta devem ouvir os mais velhos sobre como eram os tempos em que o setor se subordinava à vigilância patrimonial. O Piso era muito mais baixo, não havia pagamento do Adicional de Risco ou fornecimento de tíquete-refeição – ou seja, exploração generalizada.

Persistência – Mas o SindForte não vai ficar aqui chorando o leite derramado. Nosso papel, que é buscar um acordo coletivo digno, será executado com empenho, como sempre.

MAIS INFORMAÇÕES – Procure os sites do SindForte e da Agência Sindical.