Câmara aprova reajuste de 7,72% aos aposentados

163

Os deputados federais aprovaram, na terça-feira (4), a emenda do deputado Paulo Pereira da Silva (Paulinho) à Medida Provisória 475, concedendo reajuste de 7,72% para as aposentadorias e pensões com valor acima de um salário mínimo. O aumento, que será retroativo a 1º de janeiro, corresponde à reposição da inflação mais 80% da variação do PIB (Produto Interno Bruto) de 2008 para 2009.

O plenário também aprovou a emenda do deputado Fernando Coruja, que extingue o fator previdenciário, a partir de janeiro de 2011. O fator, criado no governo Fernando Henrique Cardoso para reduzir o valor das aposentadorias, é uma fórmula utilizada para o cálculo do benefício, que se aplica aos trabalhadores do setor privado e público, regidos pela CLT (Consolidação das Leis do Trabalho).

O presidente João Passos avalia que, após um longo processo de luta e negociação, foi uma vitória importante para os aposentados. “O aumento valoriza estes trabalhadores, que tanto fizeram pelo Brasil. Além disso, a emenda do companheiro Paulinho mostra a seriedade do compromisso assumido pela Força Sindical com os aposentados”, ressalta.