Campanha salarial da escolta armada Nesta segunda (10), assembleias definem nossas reivindicações

148

Companheiro(a): Vamos iniciar mais uma campanha salarial dos trabalhadores no setor de escolta armada, que tem data-base em 1º de janeiro. Nesta segunda-feira, dia 10 de novembro, o Sindicato realiza assembleias na sede, em São Paulo, e nas subsedes de Campinas, Santos, Bauru e Ribeirão Preto. Horário: primeira convocação, às 18 horas; segunda, às 18h30.

O Sindicato vai levar várias sugestões para a assembleia, pois esse é o momento de definirmos nossa pauta de reivindicações.

Aumento – Além da reposição das perdas conforme o INPC acumulado, vamos buscar 6% de aumento real nos salários.

Tíquete-refeição – Vamos reivindicar que o valor do tíquete suba de R$ 15,00 pra R$ 20,00.

30 tíquetes – Outro pleito é que o trabalhador da escolta receba 30 tíquetes-refeição por mês, assegurando seu poder de compra e consumo durante todo o mês.

Fim das 191 horas – Essa jornada (que foi criada pra quem faz 12×36) vem gerando abusos por parte de muitas empresas. Os companheiros têm reclamado ao Sindicato e nós entendemos que é preciso uma jornada que não abra espaço para exploração.

Outras – A assembleia da escolta armada, dia 10 de novembro, vai definir outras reivindicações. Por isso, é importante a ampla participação da categoria. O presidente João Passos afirma: “Desde que o Sindicato existe, toda conquista foi fruto de mobilização dos trabalhadores. Na campanha salarial não será diferente”.

Anote aí – Assembleia dia 10 de novembro (segunda-feira), na sede, em São Paulo, e subsedes de Campinas, Santos, Bauru e Ribeirão Preto. Horário: primeira convocação, às 18 horas; segunda, às 18h30. Informações, ligue na sede ou subsedes.