Campanha salarial da escolta armada Pauta de reivindicações será entregue aos empresários

165

A campanha salarial dos companheiros da escolta armada, que tem data-base em 1º de janeiro, está começando. Dia 10 de novembro, o Sindicato realizou assembleias na sede, em São Paulo, e nas subsedes de Campinas, Santos, Bauru e Ribeirão Preto. O objetivo foi eleger os itens da nossa pauta de reivindicações. O Sindicato levou às assembleias várias sugestões, que foram debatidas e aprovadas pelos trabalhadores. O próximo passo, agora, é entregar o documento aos representantes patronais e iniciar as rodadas de negociações. Portanto, fique atento e em contato com o Sindicato, pois a participação dos companheiros é muito importante nessa fase.

Participe – A experiência ensina: quando há participação de todos, é mais fácil obter conquistas que trazem benefícios concretos ao conjunto dos trabalhadores. Por isso, vamos fazer uma campanha salarial forte e participativa, que traga ganhos efetivos para todos.

Aumento – Além da reposição das perdas conforme o INPC acumulado, este ano vamos buscar 6% de aumento real nos salários.

Tíquete-refeição – A reivindicação aprovada nas assembleias é que o valor do tíquete suba de R$ 15,00 pra R$ 20,00. Outro pleito é que o trabalhador da escolta receba 30 tíquetes-refeição por mês, assegurando seu poder de compra e consumo durante todo o mês.

Fim das 191 horas – Essa jornada (que foi criada pra quem faz 12×36) vem gerando abusos por parte de muitas empresas. Os companheiros têm reclamado ao Sindicato e nós entendemos que é preciso uma jornada que não abra espaço para exploração.

As assembleias também definiram outras reivindicações. Agora, é cerrar fileiras e partir pra luta! O presidente João Passos afirma: “Desde que o Sindicato existe, toda conquista foi fruto de mobilização dos trabalhadores. Na campanha salarial não será diferente”.

Informações – Ligue na sede, telefone (11) 3105.2486. Ou entre em contato com uma de nossas subsedes em Campinas, Santos, Bauru e Ribeirão Preto.