DEPLORAMOS ROUBO DE ARMAS EM QUARTEL E ALERTAMOS OS TRABALHADORES

563

Lamentamos o furto de 21 armas do quartel do Exército em Barueri, Grande SP. Segundo o Exército, sumiram oito armas calibre 7,62 e 13 metralhadoras .50

Por precaução, a tropa de 480 homens segue aquartelada desde o dia 10.

O Comando Militar Sudeste confirmou o furto ocorrido dia 10, detectado após inspeção do Arsenal de Guerra.

Segundo o Exército, eram “armamentos inservíveis recolhidos para manutenção.” Ocorre que o crime tem condições de restaurar essas armas, inclusive pra aluguel a grupos de outras regiões do País.

Apelo – Apelamos à Secretaria de Segurança Pública do Estado de SP, ao comando do Exército e a outras autoridades empenho máximo na investigação e todo o rigor da lei.

Categoria – O SindForte pede às empresas que redobrem os cuidados. Para os trabalhadores nossa orientação é de cautela e alerta, pois a metralhadora .50 costuma ser utilizada em ataques carros-fortes – é quase uma arma de guerra.

O povo brasileiro quer viver em paz. E o trabalhador da categoria tem o direito de correr menos riscos possíveis.