DR. BERNARDELI FALA DE SINDICALISMO E POLÍTICA

60

A política não pode ser estranha ao sindicalismo. Até porque muitas demandas dos trabalhadores dependem de decisões do Poder Legislativo ou dos governantes.

E mesmo porque, antes de ser trabalhador de determinada empresa ou categoria, a pessoa é cidadã, mora em bairro, precisa de melhorias e quer bons serviços públicos.

Essa é a linha de argumentação do dr. Marcos Bernardelli. Ele é advogado do nosso Sindicato há 23 anos, tem destacada trajetória na Ordem dos Advogados (Subseção Campinas) e possui uma carreira política vitoriosa.

Bernardelli foi vereador por dois mandatos e também presidiu a Câmara Municipal de Campinas. É autor de Projetos de importância social e se destacou, ainda, como um presidente atuante frente ao Poder Legislativo local.

Atualmente filiado ao PSB, o dr. Marco Bernardelli estuda concorrer novamente a uma das cadeiras da Câmara, nas eleições deste ano.

Ele explica qual sua preocupação e sua meta. “Tenho compromisso com a inclusão social e a proteção aos setores mais frágeis da população, como as crianças portadoras de deficiência”, diz.

Poder – É comum o político eleito se distanciar da população. Mas o bom vereador, explica nosso advogado, é quem pode ser encontrado na rua, no bairro ou em seu próprio gabinete. Observa o dr. Bernardelli: “O vereador é quem dá o primeiro atendimento ao cidadão”.

Campinas é uma cidade com graves divisões sociais. Ou seja, tem uma parte menor do município que é bem atendida, conta com serviços e boa infraestrutura. Mas a maior parte ainda é muito carente.

Um vereador pode ajudar na inclusão dessa maioria? O dr. Marcos Bernardelli acredita que sim. Por essa razão, segue na política. “Com ética, seriedade, vontade de trabalhar e experiência pra servir ao interesse coletivo”, ele ressalta.

SindForte – Nosso Sindicato, fundado há 32 anos, mantém a tradição de autonomia política. O presidente João Passos afirma: “Procuramos dialogar com todas as forças políticas, mas temos identificação maior com partidos e políticos preocupados com o emprego, a renda e a inclusão social”.

MAISClique aqui e assista à entrevista concedida em Campinas ao jornalista João Franzin