DR. CÉSAR, ADVOGADO CONCEITUADO, E PARCEIRO DA CATEGORIA

144

Entre as boas tradições do sindicalismo brasileiro está a assistência jurídica de qualidade. Nosso Sindicato, desde que foi fundado, há 32 anos, sempre cuidou de ter um quadro jurídico respeitável.

Aqui atuaram profissionais do quilate de Argeu Quintanilha de Carvalho, Altair Veloso, Fernando Benjamin, Marco Bernardelli e César Graniéri. Os dois últimos, hoje, na linha de frente da nossa assistência à categoria e nas negociações coletivas.

César – Nascido em Corumbá (Mato Grosso), formado há mais de 30 anos, o dr. César Alberto Graniéri dirige nosso Jurídico e se destaca, principalmente, nas negociações coletivas e ações junto ao Tribunal Regional do Trabalho.

Ele conta: “Trabalho no SindForte há 23 anos. Nesse período, atuei em mais de 45 campanhas salariais, seja no transporte de valores, seja na escolta armada”. Além disso, o advogado presta assistência individual ou coletiva trabalhista e cível.

Com seu modo calmo e jeito pausado de falar, o dr. César tem sido um parceiro de conquistas para o Sindicato, a direção da entidade, mas, sobretudo, aos trabalhadores. Ele elenca os avanços: pagamento de PPR; conquista do Adicional de Periculosidade de 30% (antigamente, dizíamos Risco de Vida), vale-refeição, entre muitos outros.

Um ponto que nosso advogado – casado, pai de um casal – destaca é nunca ter firmado acordo coletivo abaixo da inflação. Ele diz: “O presidente João Passos é muito consciente de seu papel de dirigente da categoria. Portanto, sempre negocia a partir do INPC. Nunca abaixo disso”.

Somos uma das raras entidades a não consentir banco de horas na Convenção Coletiva. Exceção somente na pandemia da Covid-19 e temporariamente. O dr. Graniéri comenta: “Todo ano, nas negociações relativas à data-base, o patronato tenta emplacar o banco. Mas o rechaço é geral na direção do Sindicato e na base representada. E o banco de horas não passa”.

Testemunha e ao mesmo tempo agente da nossa história de 32 anos, o advogado, escritor e palestrante César Graniéri também é partidário do pleito referente ao PPR na escolta armada. Ele diz: “Saímos do zero, evoluímos, mas estamos insatisfeitos. Os trabalhadores merecem um Piso a título de PPR, e nós vamos buscar esse objetivo”.

Doutrina – Entre as muitas contribuições do dr. César à cultura jurídica está a redação de inúmeros artigos da CLT e um belo livro sobre “substituto processual”. Esse tema era tabu em setores da Justiça do Trabalho, mas, graças ao empenho do sindicalismo e ao apuro de juristas como César Graniéri, hoje é instrumento de defesa dos direitos trabalhistas e da dignidade profissional das categorias.

Próximos – Nosso site publicará perfis de dirigentes da categoria e também do advogado Marcos Bernardelli, baseado em Campinas, onde já foi vereador, presidiu a Câmara Municipal e também dirigiu a Seção local da OAB – Ordem dos Advogados do Brasil.