Pessoa sem renda deve buscar o Auxílio Emergencial. Atenção ao prazo!

203

O governo vai pagar mais duas parcelas de R$ 600,00 do Auxílio Emergencial. Essa verba se destina a desempregados, MEIs e informais. Mãe sem renda, se for chefe de família, pode receber até R$ 1.200,00.

A conquista dessas parcelas é vitória do movimento sindical, que articulou com o Congresso Nacional, e o presidente da República, à base da pressão, liberou mais duas parcelas.

Atenção: Quem tem direito, mas ainda não se cadastrou, deve fazer o cadastro ainda hoje (dia 2). Se não se cadastrar, perde prazo. A seleção é feita pela Caixa Federal.

Como fazer – Acesse o site da Caixa: auxilio.caixa.gov.br – ou baixe o aplicativo Caixa | Auxilio Emergencial.

Avise – Quem está sem renda deve buscar as duas parcelas de R$ 600,00 cada. Quem está trabalhando, mas conhece alguém necessitado, deve avisar e orientar a pessoa. Esse dinheiro vai ajudar muitas famílias em dificuldades.

Nosso presidente João Passos afirma: “Estamos debaixo de uma crise muito dura. Devemos tomar todos os cuidados pra evitar o coronavírus. E o governo deve fazer a parte dele, ajudando os mais pobres”.