SINDICATO ALERTA SOBRE ACADEMIAS E COBRA RESPEITO ÀS NORMAS

230

A boa formação profissional é fundamental para o desempenho da função do vigilante. Essa formação está a cargo das academias. Mas nem toda academia é confiável.

O Sindicato tem recebido seguidas queixas de vigilantes quanto à falta de qualidade nos cursos de formação ou na reciclagem.

Lembramos, pra todos os efeitos, que a academia deve seguir as normas fixadas pela Polícia Federal (PF).

Nos últimos tempos, surgiram diversas dessas academias. Mas nem todas seguem, com rigor, as normas da PF.

O presidente João Passos alerta: “O vigilante é um profissional que trabalha num setor de alto risco. Se não for bem treinado, ou passar por uma reciclagem ruim, ele mesmo se prejudica”.

A função, muitas vezes, exige enfrentamento. Sem ter sido bem formado, sem o domínio adequado das armas, sem ter feito o devido treinamento de tiros, o trabalhador se expõe, coloca em risco seus colegas e também pode prejudicar as pessoas que passam pelo local.

Empresas – O Sindicato apela às empregadoras que exijam qualidade dessas academias e respeito às normas da Polícia Federal. E alerta: Vamos comunicar o Ministério Público a respeito desse problema, para que medidas sejam adotadas.

AMANHÃ – Publicaremos em nosso site as regras sobre exercício de tiro com Calibe 38, Calibre 380 e também Espingarda Calibre 12.