Sindicato fecha acordo coletivo da escolta armada e salário vai a R$ 1.195

186

Sindicato acabou de fechar o acordo coletivo dos companheiros da escolta armada, que conquistaram reajuste de 5,83% – que corresponde ao índice cheio da inflação apurada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) apurado pelo IBGE nos últimos 12 meses encerrados na data-base da categoria, que é 1º de maio.

O adicional de risco de vida passou de 20 para 22% do salário e o tíquete-refeição agora é R$ 8,13 por dia trabalhado, pois também foi reajustado seguindo o INPC. Com o acordo vale a partir de maio, o salário básico mensal que os trabalhadores na escolta receberão, já em abril, será de R$ 1.195,00.

O presidente João Passos afirma: “Conseguimos proteger o poder de compra do nosso salário, sem perdas inflacionárias. E o mais importante é que o adicional de risco passou de R$ 185,13 para R$ 215,51, um ganho mensal de cerca de R$ 30,00”.

Avanços – As conquistas da categoria estão asseguradas em Convenção Coletiva, que depois de ser assinada em conjunto com a entidade patronal tem valor de lei. O Sindicato reitera que outros benefícios e direitos previstos na Convenção em vigor foram assegurados.

Importante – Vale lembrar que a data-base foi alterada. A partir do ano que vem será em 1º de janeiro, e não mais em 1º de maio. Ou seja, em janeiro de 2010 haverá novo reajuste salarial para os companheiros da escolta armada.

Informações, ligue na sede do Sindicato ou em qualquer uma de nossas nove subsedes.