Sindicato participa do evento e apoia agenda de lutas da Central

224

Mais de três mil sindicalistas de todo o País, representando trabalhadores urbanos e rurais, dos setores privado e público, das mais diferentes categorias profissionais, participam do 8º Congresso Nacional da Força Sindical. Nosso Sindicato marca presença no evento, que ocorre em Praia Grande, Litoral Sul de São Paulo.

Nesta quarta (14), ocorre a Plenária Final – que debate os relatórios dos grupos de trabalho e aprova as resoluções finais. O foco principal dos debates é o fortalecimento da unidade de ação do movimento sindical e a resistência aos ataques do governo a nossos direitos.

Desde segunda, os delegados debateram temas importantes, como as reformas trabalhista e previdenciária, medidas para impulsionar o desenvolvimento do País e reverter a dramática situação de desemprego, que assola milhares de lares brasileiros.

O Congresso também vai definir as ações que serão desenvolvidas pela Central nos próximos quatro anos e eleger a nova direção nacional da Força. Também será eleita a nova direção nacional da Central.

Nosso presidente João Passos comenta: “Os Congressos são importantes, porque reúnem diferentes visões da realidade a ser enfrentada pela classe trabalhadora. Esse intercâmbio enriquece e reforça a luta em defesa dos direitos”.

Hora de reagir – O presidente da Força, Paulo Pereira da Silva (Paulinho), destaca que a classe trabalhadora precisa reforçar a luta em defesa dos direitos. “O sindicalismo está sob um cerco muito grande do governo, Congresso e judiciário, que tentam eliminar direitos e impor reformas lesivas. A hora é de reação. As paralisações que fizemos e a Marcha a Brasília foram muito importantes pra gente equilibrar o jogo”, afirma.

Mais informações: www.fsindical.org.br