SINDICATO SAÚDA MULHERES E PEDE FIM DA VIOLÊNCIA

221

Esta sexta-feira, 8 de março, marca o Dia Internacional da Mulher.

O Sindicato deseja um dia especial a todas as mulheres, especialmente às trabalhadoras e, particularmente, às companheiras integrantes da nossa categoria profissional.

Em pleno Século 21, a mulher ainda sofre muita discriminação, ganha menos que o homem, é vítima de assédios e tem sofrido uma violência absurda.

Causa repulsa e repúdio o aumento do feminicídio. Ou seja, do assassinato da mulher pelo simples fato de ser mulher.

O Brasil e o mundo precisam parar e refletir sobre esse drama. Afinal, a mulher é a fonte da vida, é ela quem gera nossos filhos, amamenta, educa, forma e os coloca no rumo certo.

Apelamos às nossas autoridades no sentido de atuar com mais firmeza frente à violência e aos crimes.

Precisamos cultivar uma cultura de paz e convivência respeitosa.
Nesse sentido, apelamos também às empresas a fim de que estimulem a paz, a boa convivência e o respeito nos locais de trabalho.

Sob todos os aspectos, a mulher precisa ser valorizada, na sua condição profissional e quanto à dignidade humana.

João Passos, presidente
SP 7/março/2024