Trabalhador da escolta: não aceite “pacote” ou “missão”. Exija salário!

151

O trabalhador da nossa categoria é mensalista. Ou seja, recebe o Piso ou seu salário nominal, o adicional de risco e o tíquete-refeição todo mês, além de horas extras, caso tenha feito trabalho extra no período.

Não existe, portanto, essa história de receber por “missão” (quando viaja) ou por “pacote”. O trabalhador tem de receber o salário do mês, os adicionais a que tem direito e eventuais horas extras. E todos esses pagamentos lançados no holerite. Não pode haver pagamento por fora.

Fique esperto, companheiro: não aceite essa safadeza de “missão” ou “pacote”. E denuncie ao Sindicato tudo o que estiver errado em sua empresa!

Informações, ligue na sede ou nas subsedes.