Trabalhadores cruzam os braços em solidariedade a colega

188

• 23/10/2018 – terça-feira

O Sindicato atuou com firmeza e, mais uma vez, impediu que flagrante injustiça fosse cometida contra trabalhador da base. A união Sindicato-trabalhador mostrou sua força na sexta, dia 19, quando os companheiros da Prosegur (base Cambuci/SP) cruzaram os braços em protesto contra a demissão por “justa causa” aplicada a um trabalhador.

A empresa demitiu na quinta (18) o companheiro Jurandir Sebastião da Silva, vigilante de carro-forte com 14 anos de casa. A dispensa, por “justa causa”, causou indignação em todo o efetivo. Na manhã da sexta, com apoio integral do Sindicato, eles pararam a empresa.

Nosso presidente João Passos e o diretor Damião Luiz da Silva (D. Luiz) estiveram na Prosegur, para dar suporte ao protesto dos trabalhadores. Eles também negociaram com a empresa, conseguindo reverter a “justa causa”.

João Passos explica: “A revolta foi geral, ante atitude arbitrária e desproporcional que foi adotada. Os companheiros cruzaram os braços e a pressão deu resultado”.

Resultado – Após negociações com representantes da Prosegur, a empresa recuou na “justa causa” e vai pagar, centavo por centavo, todos os direitos do companheiro. Nosso presidente João diz: “O pessoal mostrou alto grau de companheirismo, reagindo de pronto à arbitrariedade patronal. Parabéns a todos que cruzaram os braços”.

Presidente João Passos durante ação em frente à Prosegur/Cambuci