Transportadores de valores decidem pelo fim da greve no Paraná

143

Os vigilantes do setor de transporte de valores voltaram ao trabalho nesta quarta (8) dando fim a greve iniciada há uma semana, mesmo sem chegar a um acordo com as empresas em relação à reposição salarial e a conquista de benefícios.

A decisão vai além da sentença do TRT, a qual determinava que 50% dos trabalhadores voltassem à ativa, e mesmo sem o tribunal definir uma data para resolver a questão. “A gente está apostando na Justiça do Trabalho para conseguirmos um bom reajuste”, comentou o presidente do Sindeesfort-PR, Paulo Sérgio Gomes.

Segundo o Sindicato, 1,8 mil companheiros retornaram aos postos de trabalho. Eles reivindicam um reajuste de 13% no salário, convênio médico custeado 100% pelas empresas e a inclusão do adicional de 30% por risco de vida no 13º salário e nas férias.