Usamos medidor de temperatura pra atender na sede SP e subsede Campinas

143

Não sabemos quanto vai durar a pandemia do coronavírus. Por isso, todo cuidado é pouco. O Sindicato cobra cuidados nas empresas, inclusive uso do medidor de temperatura. E em nosso atendimento também procuramos ser rigorosos. Para tanto, compramos dois aparelhos medidores, em uso na sede em SP e na subsede de Campinas.

O atendimento presencial é um por vez, mantendo a distância recomendada pelas autoridades de saúde. O trabalhador que chega tem a temperatura medida. O procedimento é rápido, seguro e higiênico, pois o aparelho não encosta na pessoa.

Máscara – Outro procedimento é o uso de máscara. Não atendemos se a pessoa não estiver usando. Isso é indispensável pra evitar contágio. Nossos diretores e funcionários também estão com máscara durante os atendimentos.

Cautela – Para o presidente João Passos, a compra de dois aparelhos medidores demonstra a preocupação do Sindicato com a saúde de quem busca atendimento e também de quem é atendido. Ele diz: “O SindForte cobra que toda empresa utilize o medidor, bem como disponibilize máscara e álcool gel”. As viaturas e até as armas devem ser higienizadas.

DENUNCIE – Sua empresa é descuidada com a saúde dos funcionários? Denuncie ao Sindicato. Na sede e nas subsedes.