Veja as perdas que você pode ter com a reforma da Previdência

219

A reforma da Previdência que será votada na Câmara dos Deputados mexe com todas as categorias. Ela aumenta a idade mínima para se aposentar (para 62 anos, no caso das mulheres; e para 65 anos, no caso dos homens) e eleva o tempo de contribuição de contribuição para ter direito ao benefício de 15 para 20 anos.

O projeto reduz substancialmente o valor dos benefícios previdenciários, retarda o início da aposentadoria e restringe o alcance da assistência social. A proposta também reduz o valor da pensão por morte e restringe o acúmulo de benefícios por viúvas e pensionistas.

Quanto tempo você deverá trabalhar para se aposentar com valor integral?

Ou para atingir a idade mínima?

Ou para atingir o tempo mínimo de contribuição?

Para que você esclareça estas dúvidas, além de muitas outras questões importantes, o Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos) lançou a Calculadora da Aposentadoria. Através dela, é possível comparar como fica sua aposentadoria pelas regras atuais e caso a PEC 6/2019 seja aprovada.

O presidente do nosso Sindicato, João Passos, alerta: “Todos os trabalhadores devem acessar a calculadora do Dieese. Assim, poderão ver, na prática, como ficará sua aposentadoria”.

Clique aqui e acesse.