Vigilantes cobram mais segurança para abastecer caixa eletrônico

151

O presidente da nossa Confederação (CNTV), José Boaventura Santos, cobrou mais segurança para os trabalhadores no abastecimento de caixas eletrônicos. “Queremos que a operação de abastecimento feita pelos vigilantes não envolva contagem de dinheiro”, em audiência da Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado da Câmara dos Deputados, na quinta-feira (15).

“Lamentavelmente, os vigilantes ainda estão contando dinheiro em corredores de shopping, em porta de supermercado, sem qualquer preocupação dos bancos com a segurança dos trabalhadores”, acrescentou Boaventura.

O presidente da comissão, deputado Efraim Filho (DEM-PB), informou que o debate sobre furtos a caixas eletrônicos ajudará os parlamentares na discussão da reforma do Código Penal (Decreto-Lei 2.848/40).

Nosso presidente João Passos defende que as mudanças na legislação alcancem também as normas que regulamentam o exercício profissional, com a aprovação do Estatuto do Vigilante, que visa aperfeiçoar a lei 7.102/83 e ampliar as conquistas da categoria. João criticou a falta de investimento em segurança por parte dos bancos.